terça-feira, 2 de outubro de 2007

Campanha de Marketing da IBM


No início dos anos 80 (creio que em 1982), a IBM Portugal fez uma campanha na imprensa, com testemunhos de vários empregados. Não sei quantos foram ao todo, mas tenho alguns exemplares.

Começo pelo meu e irei pondo os outros.
(Clique na imgem para ler o texto.)

9 comentários:

F. Penim Redondo disse...

Este post devia chamar-se:

"Oh tempo volta pra trás..."

Nuno Ferreira disse...

1981. O texto diz "Entrei (...) 1970 (...) Onze anos depois (...)".

Mariano Garcia disse...

Agora sou eu que não percebo o poquê do comentário do Nuno Ferreira...
Reli o texto, aliás um correcto testemunho da época, e não vejo qualquer falha.
Ó Joana perdoa-lhe...

Mariano Garcia disse...

desculpem-me o poquê. Sem dúvida que lapsos todos temos, confirma-se

F. Penim Redondo disse...

Caro Mariano, penso que o Nuno pretendeu precisar a data de publicação do anuncio que a Joana apontava para 1982.

Ele argumenta, com razão, que se a Joana entrou na IBM em 1970 e o texto do anuncio diz "onze anos depois" então é porque o anuncio saíu em 1981.

Mariano Garcia disse...

A minha intenção era apenas animar o diálogo, sem querer levanter qualquer polémica.
Mas não há dúvida que se a Joana entrou para a IBM em Setembro de 1970, no início de 1982 tinha 11 anos de IBM.
Para além disso os textos publicados foram recolhidos com alguns meses de antecedência, provavelmente

Joana Lopes disse...

Ora bem: em questão de datas, não costumo «brincar em serviço».
Quase de certeza: os anúncios foram preparados em 81 (quando eu tinha, de facto, 11 anos de IBM), a publicação atrasou-se (disso lembro-me perfeitamente) e acabou por só acontecer no início de 82.

Mas ainda bem que isto serviu para animar os Comentários que têm andado escassos.

Nuno Ferreira disse...

hehehehe Bem, com tantos comentários, penso que até já se pode abrir um fórum de discussão. ;-)
Eu só sugeri 1981 porque no texto do blog estava «(...)creio que em 1982(...)», ou seja, indiciava uma incerteza. Mas se essa incerteza ficou desfeita, quem sou eu para dizer o contrário. ;-)
Cumprimentos,
Nuno.

Guilherme disse...

Li o texto da publicação em que aparece o testemunho da Joana...
Embora por lá tenha feito alguns bons amigos, ironicamente, hoje (e tendo de certa forma feito um percurso inverso - "da IBM para a "faculdade") dá-me, por vezes, para lamentar o tempo que perdi na IBM!