quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Efectivos da IBM US reduzem-se em 2009

.

News that IBM’s American jobs were down to 105,000 came in a presentation to a congressional subcommittee by Maria Ferris, IBM’s director of diversity, compliance and employee experience.

That means a decrease of 10,000 IBMers since the end of 2008, when it was 115,000. Ferris’ remarks were reported Nov. 16 as part of a pitch to relax some Fair Labor Standards Act provisions, which she said would increase workplace and time flexibility.
(Ler o resto da notícia)
.

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

IBM despede 80 trabalhadores em Portugal

.

.
.
.

A multinacional vai deslocalizar para a Polónia e Índia a unidade operacional Business Transformation Outsourcing de Lisboa. A IBM confirma ter iniciado "um processo de negociação e consulta com os trabalhadores envolvidos".

EXPRESSO, 07.11.2009



Alguém sabe o que se está a passar ?



.



terça-feira, 20 de outubro de 2009

domingo, 18 de outubro de 2009

Mais um que se juntou aos felizardos





















O José Barreto reformou-se na passada 6ª feira – finalmente!

Um curioso jantar-surpresa, primorosamente organizado pela Cibele, reuniu dezenas de IBM’ers - novos, intermédios e alguns anciãos que responderam à chamada. Para a história.


quinta-feira, 20 de agosto de 2009

A vertiginosa caminhada na computação

.





Boas Férias

sábado, 1 de agosto de 2009

VISITA DE THOMAS WATSON A PORTUGAL, EM 1950


Novidade para alguns de vós é que Thomas Watson era tão entusiasta pelo Movimento Escotista quanto eu. Ajudou a fundar os “Boy Scouts of America” e foi uma das figuras mais importantes daquela associação.
Em Setembro de 1950, na qualidade de Comissário Internacional Honorário, veio a Portugal para tomar parte na Conferência de Comissários do Escotismo Mundial, que aqui teve lugar.
Nessa oportunidade, o jornal escotista “Sempre Pronto”, fez a sua apresentação, num artigo brilhante, que hoje recuperei e vos dou a conhecer.
Curiosamente, a responsabilidade do texto é de Albano da Silva, o primeiro empregado da IBM em Portugal.


“Um dos dirigentes que nos visitam em Setembro para tomarem parte da Reunião dos Comissários Internacionais, é Thomas John Watson , Comissário Internacional Honorário dos “Boy Scouts of America”, considerado em todo o mundo como um estadista internacional. Presidente dos Conselhos de Administração da International Business Machines Corporation e da IBM World Trade Corporation. É divisa das suas companhias “World Peace through World Trade” (A Paz do Mundo pelo Comércio Mundial), que adoptou há bastantes anos, que está hoje tão intimamente ligada à sua personalidade como o seu slogan “THINK” (Pense).
O Sr. Watson é Presidente Honorário vitalício da Câmara Internacional de Comércio, a grande assembleia económica mundial criada em 1919 p ara o desenvolvimento das melhores relações comerciais entre os diversos países e tem sido dirigente dessa organização durante a maior parte da sua existência. A lista das associações de carácter internacional das quais foi ou continua sendo dirigente activo ou associado é extensa e impressionante; enche duas colunas do “Who’s Who in America” (Quem é alguém na America) e inclui organismos como a Fundação Carnegie para a Paz Internacional, a Associação Americana em prol das Nações Unidas, a Comissão de Arbitragem Comercial Interamericana, a Associação Brasileira-Americana, o Conselho do Comércio e Indústria da América e Extremo Oriente, etc., etc.
É condecorado por 28 países (entre os quais Portugal) por serviços prestados nas numerosas missões que tem desempenhado e tem sido distinguido por numerosas honrarias no seu país natal como, por exemplo, a Medalha de Ouro do Instituto Nacional de Ciências Sociais por serviços distintos prestados à humanidade no campo das relações internacionais, a Insígnia de Ouro da Sociedade Pan-Americana, a Placa Capitão Robert Dollar e a primeira Placa da Arbitragem do Hemisfério Ocidental. O falecido Presidente Roosevelt nomeou-o Comissário Geral dos Estados Unidos na Exposição Internacional de Paris de 1937.
Devido à visão e faculdades dirigentes do Sr. Watson, a sua companhia, a Internatioal Business Machines Corporation que, quando ele tomou a sua direcção em 1914, contava menos de 400 empregados, estende-se hoje por todo o mundo, compreendendo mais de 27.000 empregados espalhados por 79 países.
Muitos factores contribuíram para tal sucesso e que marcam por forma expressiva a personalidade do Sr. Watson. Estabeleceu planos de acção social para o seu pessoal que compreendem pensões de reforma, hospitalização, seguros conjuntos, sistema de trabalho permanente, programas de treino, etc., cuja extensão o fizeram ser considerado como um homem de visão sem precedentes no campo das relações sociais. Criou um fundo especial para complemento das pensões de sangue concedidas pelo Governo Americano às viúvas e órfãos dos empregados da IBM mortos na Segunda Guerra Mundial. Estabeleceu e pôs em prática um vasto plano de reeducação dos mutilados de guerra. Dotou as suas fábricas de instalações de ar condicionado, iluminação cientificamente estudada, medidas de segurança no trabalho sem precedentes, cantinas e clubes de reuniões e desportos para os operários e suas famílias. Em toda a sua obra põe sempre em evidência a importância individual do empregado – o valor do “homem”.
Foi o Sr. Watson que tomou a iniciativa de descobrir a necessidade de novas máquinas comerciais e, para esse fim, desenvolveu um vasto programa de investigação científica e de engenharia nas fábricas IBM. A sua estrita colaboração com o Governo dos Estados Unidos na descoberta e produção de novas armas e produtos, valeu-lhe a concessão da Medalha de Mérito. Sob a sua direcção e constante incitamento foi levada a efeito a construção de máquinas de calcular gigantescas, como o Calculador Electrónico de Sequência Selectiva IBM, destinado a poupar aos homens de ciência o longo tempo consumido com fastidiosos cálculos.
Crente de que “não existe ponto de saturação na educação do indivíduo” o Sr. Watson aplica esse princípio em todas as actividades de que participa. O Dr. Nicholas Murray Butler, que foi Reitor da Universidade de Columbia, Nova Iorque, classificou-o como “educador de enorme envergadura, comparável ao seu génio comercial e industrial”. Mais de um milhão de dólares são gastos anualmente pela IBM com os seus programas de educação e investigação. Num dos últimos períodos das Escolas IBM foram organizadas 99 turmas com 41 disciplinas diferentes e que vão desde aeronáutica e arte ao cálculo e história universal. As suas escolas para operários têm uma frequência superior a 3.000 e numa das publicações mensais da companhia trata exclusivamente de assuntos culturais.
Vinte Universidades e Escolas Superiores americanas conferiram ao Sr. Watson o grau de doutor “honoris causa”. É um dos administradores da Universidade de Columbia, de Nova Iorque, e do Colégio Lafayette de Easton, Pensilvânea . A Academia de Educação Pública de Nova Iorque concedeu-lhe, em 1944, a sua Medalha de Honra por serviços distintos prestados à educação nacional e internacional; em 1950 foi-lhe dado o grau de Doutor em Ciências pela antiquíssima Universidade Nacional Mayor de San Marcos, da cidade de Lima, no Perú.
Os seus esforços para o progresso da educação cristã pela influência pessoal e pelo exemplo valeram-lhe em 1947 a concessão da “National Russell Colgate Citation”. Está directamente ligado a numerosas organizações religiosas ou filantrópicas e o seu profundo interesse pela mocidade reflecte-se nas suas ligações com o Movimento Escoteiro Americano, tendo sido, em 1944, condecorado pelos “Boy Scouts of America” com o Búfalo de Prata por serviços distintos à causa da juventude.
Devido à opinião do Sr. Watson de que a arte e os negócios se podem mutuamente ajudar, a IBM tornou-se um dos maiores patronos das manifestações artísticas de todo o mundo, sendo de recordar que um dos maiores artistas portugueses contemporâneos, o antigo escoteiro pintor Carlos Botelho, obteve uma primeira classificação na exposição organizada pela IBM, aquando da Exposição de San Francisco em 1939.
Apesar das suas múltiplas actividades, o Sr. Watson consegue ainda fazer uma vida familiar que é um exemplo dos verdadeiros princípios cristãos. Tanto ele como a Srª. Watson têm realizado juntos inúmeras e longas viagens a todos os continentes, em serviço da IBM. Pai de dois filhos e duas filhas, com oito netos, o Sr. Watson prossegue aos 76 anos de idade com a mesma perseverança de sempre no constante desenvolvimento duma carreira profissional eminentemente brilhante e no aperfeiçoamento de todas as fases da humanidade, das manifestações artísticas, das relações humanas e da paz mundial.
É esta uma das personalidades que os escoteiros portugueses vão ter a honra de receber por ocasião da Conferência de Comissários Internacionais.

quarta-feira, 29 de julho de 2009

Reforços do plantel em 1983


.


clicar imagem para ampliar

Em Janeiro de 1983 a NOTíCIAs apresentava as novas aquisições para o "plantel".
Entre elas encontra-se o saudoso Paulo Ponce que viria a morrer poucos anos mais tarde.
.

sexta-feira, 24 de julho de 2009

Anatomia da Crise

.





O Guilherme tomou-lhe o gosto.
Acaba de publicar o seu segundo livro de Economia Política.
Chama-se "Anatomia da Crise", esperemos que tenha também a receita para o tratamento.
Ver mais (e comprar) AQUI.

terça-feira, 21 de julho de 2009

A IBM também no Campo Grande

.


Em Julho de 1989 o NOTÍCIAS IBM anunciava o arrendamento do novo edifício do Campo Grande onde, tanto quanto me lembro, pelo menos no início, tinham lugar muitas das actividades de educação e de marketing.
.

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Campanhas de recolha de sangue

.



Na Primavera de 1985, a REVISTA IBM incluía esta referência à "Campanha de recolha de sangue". A nossa colega Ilda Maria era sempre muito activa nestas campanhas humanitárias.

Até havia quem lhe chamasse, com carinho, a "vampira da IBM".

Reconheço na fotografia o Joaquim Bação, José Barata, Manuela Serra,Vanda Lopes, Conceição Zagalo, Rita Teixeira e Maria João Bairrão. Faltam-me portanto três nomes. Ajudem-me.
.

sexta-feira, 3 de julho de 2009

For Managers

.

O NOTÍCIAS IBM do fim do ano de 1984 incluía este divertido cartoon. É caso para dizer que, já há 25 anos, existia um saudável sentido de humor relativamente à "big grey cloud" (que viria a ser famosa em 1991).

.

sexta-feira, 19 de junho de 2009

CC de Alvalade

.



Hoje tive que ir à Praça de Alvalade e, no caminho para o parque de estacionamento, passei dentro do Centro Comercial ondenão resisti a fazer algumas fotos com o telemóvel.
É uma experiência que não aconselho aos mais sensíveis; a maior parte das lojas está fechada e alguns corredores têm um ar lugubre. O Centro, como já estava decadente não deve ter tido capacidade de resistir à crise actual.
Sem querer ser piegas pareceu-me que é um pouco do nosso passado que vemos esvair-se naquelas montras forradas a papel pardo.
O tempo é realmente impiedoso.

.

domingo, 14 de junho de 2009


Só há dias me foi possível ir ver a exposição do Fernando P. Redondo, que fazia questão de não perder. Gostei muito! Parabéns Fernando por mais este trabalho de excelente qualidade.
Não conhecia aquele espaço, recentemente inaugurado pela C.M.de Odivelas, o qual me encantou pelo enquadramento exterior e pela oportunidade que abre a muitos artistas que lutam com falta de espaços para apresentar os seus trabalhos. É pena que o público nem sempre corresponda para disfrutar do que lhe é oferecido.

sexta-feira, 5 de junho de 2009

Época de crise nas relações institucionais

.


Após a agudização das relações entre a IBM e a CT, com o caso das "Grelhas e Níveis" que descrevemos anteriormente, foi penoso o processo de reaproximação.

O F&A nº 13 só saíu em Fevereiro de 87, um ano e meio depois do nº 12. Como podem verificar o seu conteúdo estava todo centrado na reconstrução das relações com a Administração. (ver aqui)

.

sábado, 16 de maio de 2009

Efeméride festivaleira

.





Em 1972 um colega nosso, o Manuel Vargas, operador do CC, participou no Festival da Canção da RTP com a canção "Vem Caminheiro". Penso que ficou em 3º lugar com 37 pontos.
Aqui fica esta efeméride no dia em que a RTP transmite o Festival da Eurovisão 2009.
.

sexta-feira, 8 de maio de 2009

BIENAL DE ARTE da ACC

Esta entidade nada diz à maioria dos visitantes deste blog, com excepção de três ou quatro que fazem parte da mesma e mais outros tantos que já por lá passaram. Mas é a oportunidade que tenho para chamar a atenção daqueles que "não sabem em que podem ocupar o seu tempo" para o interesse que podem ter as actividades sociais de valorização intelectual e artística. Nesta Academia há pessoas que só tarde descobriram a sua vocação, mas a felicidade que sentam, compensa-os!
A exposição decorre no Hotel Roma, até ao próximo Domingo, das 10h00 até às 19h00




A Bienal de Artes da Academia de Cultura e Cooperação (Universidade de Terceira Idade), está a decorrer até ao próximo Domingo, dia 10, das 10h00 às 19h00.
Trata-se da habitual mostra dos trabalhos dos alunos, executados nos últimos dois anos, nas aulas que decorrem na Academia, onde a par do convívio social se desenvolvem inúmeras actividade de “partilha de saberes”, proporcionando a ocupação intelectual de centenas de pessoas, que assim tornam mais agradáveis os momentos que a longevidade saudável lhes proporciona.

quinta-feira, 7 de maio de 2009

Ainda as "Grelhas e Níveis"

.

Como tinha prometido no post de 19 de Abril aqui deixo os conteúdos do F&A nº 11, de Dezembro de 1984, também dedicado ao conflito das "Grelhas e Níveis".

Clicar aqui para folhear o F&A



.

quarta-feira, 6 de maio de 2009

Campus Tecnológico IBM Perú

Por vezes, somos tentados a pensar em "Terceiro Munndo" quando nos referimos aos países da América Latina, mas nem sempre é assim.
Aqui vos passo a imagens das excelentes instalações da IBM PERÚ, onde um centro tecnológico de excelência desenvolve aplicações, que instala e assiste em quase todos os países do mundo. Em Portugal foi instalado o CAAPS, em 1987, com a minha participação e do J. Pereira Bastos.
Trata-se de um edifício magnífico, onde trabalhei perto de dois meses (o Jorge duas semanas) e onde deixámos excelentes amizades, que perduram até hoje



El Campus Tecnológico Extendido de IBM está conformado por dos sedes ubicadas en los distritos de La Molina y Breña. Es el punto de contacto integral con nuestros clientes para la provisión de servicios tales como: Centro de Cómputo Extendido, Mesa de Ayuda Extendida, Fábrica de Software, Centro de Gestión y Monitoreo, Specialist Service Center y Laboratorios para la implementación de proyectos de comunicaciones y aplicaciones de negocio; todos ellos totalmente soportados por nuestra Infraestructura Base redundante.
Nuestra infraestructura está equipada con altos niveles de seguridad (cristales blindados, equipos de detección y prevención de incendios, control temperatura, sistema de CCTV y control de acceso), cuya misión es salvaguardar los recursos involucrados, en los servicios provistos a nuestros clientes, de acuerdo a los estándares internacionales que poseen los mejores centros tecnológicos del mundo.

Características:
• Campus Tecnológico más grande y moderno del Perú
• Inversión realizada: más de USD 20 millones de dólares
• Área: 3000 m2 en La Molina y 500 m2 en Breña
• Profesionales locales, regionales y globales altamente capacitados para soportar nuestros servicios
• Sistemas totalmente redundantes
• Operación ininterrumpida las 24 horas, los 365 días del año, para más de 50 clientes de distintos sectores e industrias
• Reconocido por la Revista PC World como la “Mejor Implementación de una Solución Tecnológica de Gestión Empresarial para la Gran/Mediana Empresa”

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Um novo livro

.


.
.
.
.
.
O Guilherme da Fonseca acaba de publicar um livro. Ainda não li por isso não posso dar opinião. Fica apenas a informação para quem esteja interessado.
Ver mais AQUI


.

domingo, 19 de abril de 2009

Conflito agudo

.


Este cartoon, publicado no número 10 do F&A, de Julho de 1984, tratava já do "conflito das grelhas" que opôs a CT à Administração da IBM e que viria a redundar na suspensão de quatro membros da CT.
Tudo se desenrolou à volta do "direito à informação" que, de acordo com a lei, a CT invocava para justificar a sua intenção de divulgar publicamente as "grelhas e níveis". A Administração invocava o dever de obediência dos membros da CT e o correspondente cumprimento da ordem em contrário.
A CT acabou por não divulgar o documento com base em decisão de Assembleia de Voto convocada para o efeito e cujos resultados são apresentados neste jornal.
Meses mais tarde a sanção aplicada aos membros da CT foi contestada em tribunal. Subiu várias instâncias e ao fim de 12 anos, ao nível do Supremo Tribunal de Justiça, foi deliberado anular a sanção aplicada aos trabalhadores e a IBM forçada a devolver os salários descontados durante o período de suspensão.
Este processo é descrito com certo detalhe no número 11 do F&A que publicaremos em breve.

Ver aqui o número 10 do F&A

.

quinta-feira, 16 de abril de 2009

Será desta ?

.


A Sun Mycrosystems está receptiva a reiniciar as negociações com a International Business Machines (IBM), caso esta mostre um maior empenho na concretização da aquisição, disseram à Bloomberg fontes ligadas ao negócio.

Há cerca de duas semanas, a Sun parou com as negociações exclusivas com a IBM quando a empresa fez uma oferta no valor de sete mil milhões de dólares (5,29 mil milhões de euros) que foi recusada. A Sun alegou que não tinha garantias que a IBM iria seguir com a tomada de posse caso a autoridade da concorrência desse um parecer negativo.

A compra da Sun Microsystems permitiria à gigante norte-americana atingir quase metade das vendas globais de computadores e o acesso à carteira de "software" da Sun, incluindo o sistema operativo Solaris e a linguagem de programação para a Internet Java.

Jornal de Negócios, 16 de Abril de 2009

.

terça-feira, 31 de março de 2009

Primeira colheita no Nilo

.




A minoria núbia do Egipto viu as suas terras invadidas pelas águas quando foi construída a grande barragem em Assuão. Os que não partiram e se misturaram vivem actualmente em meia-dúzia de aldeias construídas para o efeito.
Visitei recentemente uma delas e pude constatar que, pelo menos aparentemente, a sua vida agora depende quase totalmente da venda de produtos aos turistas.

Apesar da beleza dos rostos e dos trajes, da alegria das cores, há muita artificialidade nas suas vidas. Ou então sou eu que estou equivocado.
De entre as muitas imagens recolhidas na minha recente viagem foram estas as que resolvi tratar em primeiro lugar. Podem ver um conjuto de fotografias que eu fiz clicando aqui.

.

sexta-feira, 13 de março de 2009

Vou ao Egipto e já volto.

.




Até ao fim do mês vou estar aqui.
Voltarei carregado de fotografias.
Não estranhem o meu silêncio.

.

domingo, 8 de março de 2009

VASCO DE OLIVEIRA

Vasco de Oliveira não era apenas um colega dos "velhos tempos", mas um amigo de sempre, desde que nos anos sessenta nos cruzamos na IBM. Deixou-nos, um tanto apressadamente, no passado dia 3, data em que tinha aprazado estar presente em mais um dos habituais almoços do oldIBM, nos quais era participante frequente. PAZ À SUA ALMA.

Na falta de melhor, recorro à uma foto de um jantar da "Familia IBM" (era assim que se dizia em 1970), na Quinta de S.Vicente, no qual esteve presente a maioria do pessoal de Lisboa, J.C.Christensen, Presidente da IBM World Trade Europe, e M.Parisot, Area Manager.
O Vasco está em primeiro plano, com o seu sorriso simples de sempre.

MULHERES DO HINDUSTÃO


Fernando,
Peço-te desculpa por utilizar este espaço para divulgar uma excelente exposição fotográfica a cuja inauguração acabo de assistir, pois ela me encantou pela sua perfeição técnica e elevada sensibilidade humana.
Não por acaso, és tu o seu autor e, por isso, os meus sinceros parabéns.

sexta-feira, 6 de março de 2009

A dar música há muito tempo

.


The IBM Orchestra poses on June 20, 1944 for a formal portrait. Seated in the center are soloists June Snyder and Robert (Bud) Fisher, along with Walter Brown, director. (ver fonte)

Para desanuviar o ambiente, neste tempo de crise oiça o Hino da IBM em 1931

.

segunda-feira, 2 de março de 2009

Trabalhar a partir de casa

.


clicar para abrir

A revista "NOTÍCIAS" de Abril de 1982 dava conta do caso, raro para a época, do nosso colega Jorge Moura que por questões de saúde necessitava de trabalhar a partir de casa.

A IBM, com o seu estilo civilizado, proporcionou ao Jorge Moura as condições técnicas, excepcionais, por iniciativa do saudoso Carlos Cordovil.

Como as coisas mudam. Hoje não há cão nem gato que não possa fazer o equivalente.

.

domingo, 15 de fevereiro de 2009

Publicação "a IBM em Portugal"

.


Esta publicação "de imagem" da IBM, que foi editada em 1983, continha algumas fotografias interessantes. Aqui vão duas:


O Jorge Veiga, a Margarida Marques e a Manuela Costa sob o cartaz do S/32, meu primeiro sistema quando passei para SE (em 1976). Uma maquineta que parecia uma secretária com um ranhura no tampo para enfiar diskettes das grandes e um display monocromático pequeníssimo incrustado e também a sair do tampo.


Aqui podemos ver a Luisa Acosta e a Clara Lloret tomando conta da Biblioteca.
.

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

domingo, 8 de fevereiro de 2009

Contributos da IBM na área da saúde



A IBM e o Google criaram um software que transfere dados de dispositivos pessoais para registos de saúde.
Os utilizadores do programa vão poder trocar informações com os médicos e outros profissionais de saúde de forma mais fácil e em tempo real. “Uma vez armazenados num dispositivo para registos médicos (PHR), os dados também podem ser partilhados com outros especialistas além daquele que requisitou os exames”, explicou a IBM em comunicado.
É, inclusive, possível guardar as informações no Google Health. A IBM, que compete com produtos semelhantes oferecidos pela HP, pela Microsoft e pela Oracle, desenvolveu o programa a partir de directrizes da Continua Health Alliance, organização dedicada a licenciar produtos para cuidados de saúde.
Ainda não se conhecem mais pormenores sobre o serviço, quando vai estar disponível e para que países.

EXAME Informática
____________________

The resolution of magnetic resonance imaging (MRI) has been given a massive boost by a team at computer giant IBM.
MRI is used as an imaging technique in medicine to visualise the internal structure of the human body.
The researchers demonstrated this imaging at a resolution 100 million times finer than current MRI.
The advance could lead to important medical applications and is powerful enough to see bacteria, viruses and proteins, say the researchers.
BBC NEWS, 13.01.2009
.

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Reestruturar ou repensar ?


Em Dezembro de 1987 o "Factos & Argumentos" era dedicado à subtil diferença entre reestruturar e repensar (um tema que também está hoje na ordem do dia). E tratava do "head-count" e do "Appraisal & Counseling" (mais dois temas que hoje estão na berra).
A história respete-se. Leia tudo AQUI.

.

domingo, 1 de fevereiro de 2009

Recordar La Hulpe

clicar para ampliar

Muitos de nós passámos longas semanas, ou quinzenas, neste "retiro". Os passeios pela floresta, infestada de coelhos, e as excelentes cervejas belgas são a minha melhor recordação.
Uma vez por outra também assisti a lições geniais...
.

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Ramalhete de Dezembro 1983

.


A revista NOTÍCIAS, da IBM, comunicava a admissão deste ramalhete de jovens colegas em Dezembro de 1983. São eles: Teresa Santos (Sena), Carlos Grilo, Maria de Fátima Castro, Manuel Pires, Maria Helena Malaquias e Luís Matias

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

10 anos de Jograis U...Tópico

.


Próximos Recitais
Sábado, 17 de Janeiro de 2009 - Auditório Clube GBES - R. D. Luis I, 27 - Santos - Lisboa - 15,30h
SESSÃO DE POESIA COMEMORATIVA DO 10º ANIVERSÁRIO DO GRUPO DE
JOGRAIS "U...TÓPICO"
COORDENAÇÃO DE MARIA DE LURDES ESTEVES
_____________________________
Aqui está uma oportunidade para ir ouvir o Manuel Diogo e comemorar este belo aniversário.
.

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Entrar na China

.


(clicar para ampliar)

No "IBM Notícias" da Primavera de 1985 já se dava conta das tentativas de entrar comercialmente na China.

.

terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Quem fazia ginástica há 25 anos ?

.

(clicar a imagem para ampliar)



Foi com alguma surpresa e, segundo nos disse, com bastante agrado que a Ana Araújo reagiu ao nosso pedido para escrever umas linhas para o «Notícias», acerca da classe de ginástica agora iniciada com grande afluência e entusiasmo por alguns colegas. Estas são as suas palavras.


O grupo é o mais heterogéneo possível, já que é constituído por ambos os sexos, existindo grande diversidade de estaturas, e isso porque é geral a ideia de que o exercício físico não deve ser dirigido unicamente aos mais fortes, mas, sobretudo, ele deve ser praticado por todos os que levam uma vida mais ou menos sedentária, o que é hoje em dia o caso de grande número entre a população.
As pessoas perderam o hábito de caminhar e quantos de nós utilizam o elevador para uma deslocação de dois andares, para não falar daqueles que só não levam o carro para casa porque não têm assoalhadas que cheguem...
Mas voltando ao exercício físico, devo dizer para conhecimento dos que dele não participam que, embora recentes (as aulas começaram em 16 de Outubro), estão a agradar em pleno. Pelo modo como têm sido dirigidas pelo nosso ex-colega Rui Petrucci, agora diplomado pelo INEF, e também pela destreza que somos obrjgados a adquirir a despir e vestir (o que em caso de incêndio durante a noite, será óptimo por evitar situações embaraçosas ao chegar à rua e verificar que o sinistro era no prédio ao lado!...).
Existem ainda outras vantagens mais directas, que são tomar banho duas vezes na semana sem molhar o chão em casa, fazer regime às terças e quintas-feiras, tornando assim o jantar uma delícia, e por último, nos restantes dias da semana, achar que as montras do Centro Comercial estão muito mais bonitas.
Sem dúvida que daqui para a frente irei constatar outros predicados resultantes desta prática, mas esses só serão visíveis quando alguns de nós deixarmos de ter certas dificuldades em entrar na roupa que nos propomos vestir pela manhã.
Para terminar quero apenas acrescentar que a este ritmo certamente poderei ter a esperança de ver um dia os elevadores da Companhia servirem apenas de monta-cargas, já que os atléticos empregados desdenharão dos seus serviços e passarão a utilizar alegremente as escadas.
Viva a boa forma, abaixo os elevadores!

Ana Araújo, "NOTÍCIAS IBM", Dezembro 1984

.