terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Quem fazia ginástica há 25 anos ?

.

(clicar a imagem para ampliar)



Foi com alguma surpresa e, segundo nos disse, com bastante agrado que a Ana Araújo reagiu ao nosso pedido para escrever umas linhas para o «Notícias», acerca da classe de ginástica agora iniciada com grande afluência e entusiasmo por alguns colegas. Estas são as suas palavras.


O grupo é o mais heterogéneo possível, já que é constituído por ambos os sexos, existindo grande diversidade de estaturas, e isso porque é geral a ideia de que o exercício físico não deve ser dirigido unicamente aos mais fortes, mas, sobretudo, ele deve ser praticado por todos os que levam uma vida mais ou menos sedentária, o que é hoje em dia o caso de grande número entre a população.
As pessoas perderam o hábito de caminhar e quantos de nós utilizam o elevador para uma deslocação de dois andares, para não falar daqueles que só não levam o carro para casa porque não têm assoalhadas que cheguem...
Mas voltando ao exercício físico, devo dizer para conhecimento dos que dele não participam que, embora recentes (as aulas começaram em 16 de Outubro), estão a agradar em pleno. Pelo modo como têm sido dirigidas pelo nosso ex-colega Rui Petrucci, agora diplomado pelo INEF, e também pela destreza que somos obrjgados a adquirir a despir e vestir (o que em caso de incêndio durante a noite, será óptimo por evitar situações embaraçosas ao chegar à rua e verificar que o sinistro era no prédio ao lado!...).
Existem ainda outras vantagens mais directas, que são tomar banho duas vezes na semana sem molhar o chão em casa, fazer regime às terças e quintas-feiras, tornando assim o jantar uma delícia, e por último, nos restantes dias da semana, achar que as montras do Centro Comercial estão muito mais bonitas.
Sem dúvida que daqui para a frente irei constatar outros predicados resultantes desta prática, mas esses só serão visíveis quando alguns de nós deixarmos de ter certas dificuldades em entrar na roupa que nos propomos vestir pela manhã.
Para terminar quero apenas acrescentar que a este ritmo certamente poderei ter a esperança de ver um dia os elevadores da Companhia servirem apenas de monta-cargas, já que os atléticos empregados desdenharão dos seus serviços e passarão a utilizar alegremente as escadas.
Viva a boa forma, abaixo os elevadores!

Ana Araújo, "NOTÍCIAS IBM", Dezembro 1984

.

3 comentários:

Ilda Marques disse...

Gostei muito de nos rever e penso que apenas os cabelos terão sofrido alguma alteração já que uns viraram brancos e outros louros mas...a elegância mantém-se já que agora até dispomos de mais tempo para praticar desporto e andar a pé

antonio matos disse...

Pois sendo eu um amante e ex-praticante de ginástica com sonhos de ter vindo a ser igualmente um licenciado pelo então INEF, só lamento não ter pertencido a tão elegantérrima turma onde a secção feminina, hoje digna dos meus mais altos elogios, já naquela altura fazia prever tão alto gabarito no tão sofisticado mundo da beleza !
Parabéns a elas e um abraço a eles que, espero, não tenham dado em canastrões !
Garcia de Matos

Júlio Branco disse...

Gostei de ver, verifico que o mais "suado" era o Carlos Sales, seria por ter um jogo naquela noite para arbitrar?
Um abraço a todos
Júlio Branco