sábado, 6 de dezembro de 2014

Recordações de um IBMer

Na minha última publicação, em Maio de 2013 mostrei uma IBM 6705 que comprei usada e com o mau aspecto e desgaste visíveis na foto. Quis com isto testar-me se seria capaz de a recondicionar de mecânica e dar-lhe uma aparência de nova. Desmontei-a toda ... ou quase. Desmontei o "cycle shaft" e mudei o "cycle clutch" e depois de tudo limpo foi montado. Depois desmontei o "operational shaft" com aquelas "molinhas" springs todas. Desmontei o motor. Foi tudo limpo, peça por peça e ainda substitui a "motor clutch" pois ainda tinha uma. Seguiu-se um ciclo de afinações que durou dias até ficar completamente satisfeito. Não imaginam o que a memória é capaz de ir buscar! De seguida de dediquei-me então às tampas que limpei e pintei com spray. 


O resultado é este e está perfeitamente operacional.








O antes:




1 comentário:

Helder Santos Postiga Barbosa Pachedo Da Silva Nunez Merdas Fritas Com Bacalhau e tomate! disse...

E putugal que do que? E o mesma merda e pior povo no mundo! E verdade e verdade amigos! Ler meu blog pa mais informaciao, obrigado amigos meus (L)(L)(L)

Ahhhh putugal, putugal, putugal! Sempre, sempre, sempre chorando e chorando e chorando e chorando por tudo, sempre! Tudo mundo sabe que putugal e o pior merda no mundo, tudos! E mais na palavra "luso' e uma invencao! Tudo nossa historia e fenotipo e Cigano e Arabe. Nao somos lusos. E mais, e melhor que tudo putugal sei uma provincia do Espanha e pronto!

E nao trabalhos, sempre ficar nas sopas dos pobres tudos dias. Putugal e em estado do merda e nao fix. E verdade e verdade amigos. Esperamos que um tipo de mudança positiva aconteça em Putugal, pois mais de 50% da população, por necessidade, tem que ir às sopas dos pobres para comer. E também, uma melhora no crescimento dos empregos, já que eles estão no país. Por esta razão, muitas pessoas já vão para suas ex-colônias para buscar uma vida melhor e não retornam. Putugal está realmente atolado na merda e ninguém quer fazer nada sobre o assunto. Eles preferem viver em mentiras, o que é isso?